Coscuvilheiro de MIM próprio…

Parece que nascemos com genes de “bota conta o que o outro” diz, faz, tem, precisa, usa, come, veste, namora…. Não faz, não diz, não é, não mostra, não tem, etc.
Em casa, no trabalho, a divertir-nos… que canseira!!! Sempre a observar os outros… mas não é uma observação com o intuito de aprender o positivo e aproveitar para fazer o up grade no nosso SER. É uma observação obcecada pelos aspectos negativos, pensando que somos mais altos, mais fortes e melhores.. bullshit!!!
Cada vez que nos viramos para fora só estamos a evidenciar o que se passa dentro de nós… E dizem logo uma vozes… Eu sou arrogante? Eu sou maquiavélica? Não sou nada disso… Como sabem? Já se observaram? Não é observar se o cabelo está bem penteado ou se a camisola verde diz com o casaco vermelho…
É olhar para dentro… das feridas, dos traumas, das verdades camufladas, das palavras que não digo e continuar a observar… para ME CONHECER. Há um exemplo interessante de um filme The Runway Bride com a Julia Roberts… cada vez que ela vai tomar o pequeno almoço com um dos namorados ela pede os ovos exatamente iguais aos deles… e todos eles gostavam de ovos diferentes: escalfados, estrelados, sem gema… até que o último homem por quem ela se apaixona lhe diz: tu nem sequer sabes como gostas dos ovos… e ela hesita e responde qualquer coisa… quando se vira para dentro, decide experimentar todos os tipos de ovos e finalmente escolhe o da sua preferência… precisou de refletir sobre como gosta dos ovos…
Como gostam vocês dos vossos ovos? Que estilo de roupa vestem ( o da Zara, da Chanel ou o vosso)? Cortam o cabelo que alguém vos sugeriu ou vocês é que escolheram? E os vossos medos estão a ser confrontados? As vossas feridas estão a ser tratadas? Os vossos projectos estão a ser alcançados?
Tanta coisa para observar em mim… tão pouco tempo para me preocupar com os outros…
É um exercício como o do ginásio… para fazer 7 dias por semana… a qualquer momento que nos apeteça julgar… olhemos para dentro e conheçamos um pouco mais de nós… mais conscientes, mais calmos, mais serenos, mais felizes… e a melhor parte… mais disponíveis para ajudar os outros a fazer o mesmo com eles próprios.
Somos únicos mas todos com as diferenças necessárias para ajudar um igual…
Não construam muros internos, externos, mesmo se forem poderosos e famosos… um dia estamos em cima e no outro estamos na cama que fizemos no dia em que estivemos em cima… Ficou bem feita?

Memet Nosce todos os dias…

Categories :

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Memet Nosce