POKEMORTE

Há momentos que devemos parar para reflectir…
A morte é um desses momentos, ainda que devido à constante de ataques terroristas que temos vivido, a onda de choque da perda da vida seja enfraquecida. Se é preocupante assistirmos à matança de seres humanos devido a questões político-religiosas, o que dizer da perda da vida devido a um jogo de telemóvel? Não foi a praticar boxe com um murro fatal numa zona sensível, não foi na F1 num acidente de carro a 200 km/h, foi a jogar um jogo de telemóvel chamado pokemon. A pergunta é: como é que é possível? A interacção do senhor com o jogo ou a manipulação da mente pelo jogo levou o senhor a colocar-se no meio da estrada e foi atropelado por um carro. A realidade virtual tornou-se real, “a mente não pode viver sem o corpo” – Matrix – quando a cabeça não tem juízo, o corpo é que paga já dizia o sábio António Variações.
Que devemos nós retirar desta trágica e estúpida morte? Onde está a sua consciência? Num jogo de telemóvel? Quem controla a sua mente? Um jogo de telemóvel? E que tal parar de jogar o jogo de telemóvel e abraçar um amigo, dizer-lhe umas palavras encorajadoras, ter um gesto de afeto, conversar sobre o jogo de pokemon se quiser.. mas jogá-lo, ser dominado, anestesiado e morto por um jogo de telemóvel parece-me perturbador demais para um cérebro que demorou milhares de anos a maturar.
Faça uma pergunta a si próprio? Eu aprendo alguma coisa com este comportamento? Como ser humano cresço ou desenvolvo alguma competência a jogar este jogo? Se a resposta for negativa, não faça. Precisa de se distrair, descontrair do dia stressante que teve? Fique em silêncio a ouvir a sua voz interior e preencha o vazio do seu coração com luz e amor próprio… A alienação não o conduz a maior sabedoria, abstrair-se de si leva-o a ser menos confiante, O Caminho passa por estar mais tempo consigo, mais presente na sua essência, mais consciente do seu poder pessoal. Poder morrer a jogar um jogo de telemóvel… Antes poder viver a observar o nada…

www.memetnosce.com

Categories :

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Memet Nosce